Tours
Roteiros


 
 
Capa >> Tours >> Alter do Chão >> Roteiro

Alter do Chão e Belém
1º dia – (13/11) - Origem / Belém
Apresentação no aeroporto com 2 horas de antecedência para embarque com destino a Belém. Chegada ao aeroporto de Belém e traslado ao hotel. Hospedagem.

2º dia – (14/11) - Belém: Conhecendo Belém, sua história, sua cultura e sua culinária.
Descobrindo Belém – 08h30, após o café da manhã, começamos nosso passeio de dia inteiro por Belém com visita ao Mercado do Ver-o-Peso, onde chegam, de todas as partes do interior do Estado. Continuamos em caminhada pela Cidade Velha, o Complexo Feliz Lusitânia, que abriga a Catedral da Sé, a Igreja de Santo Alexandre e Museu de Arte Sacra, Casa das Onze Janelas, Forte do Castelo e Museu do Encontro, Continuando até a Praça da República, para visita ao Theatro da Paz. Paramos para almoçar (almoço não incluso) no restaurante Point do Açaí, instalado em um casarão antigo restaurado.
14h30, vai chover!!! Em Belém, todos os dias, a essa hora, chove! Então, antes das primeiras gotas, seguimos até o Parque Zoobotânico Emílio Goeldi, o Farol de Belém, Borboletário, Museu Amazônico e o Mirante do Rio.
17h30, nossa sugestão antes de retornar aos hotéis é experimentar o tacacá, uma espécie de sopa servida quente, à base de derivados da mandioca, jambú e camarão. Se preferir uma sorveteria com sabores amazônicos também é uma boa pedida. Noite livre. (Refeições inclusas: Café da manhã)

3º dia – Belém – Comunidade Tradicional/ Santarém
Café da manhã e às 08h00 traslado dos hotéis para embarque fluvial no porto de Belém, com destino ao Porto de Boa Vista. Utilizamos barcos regionais chamados “pô-pô-pô”. A travessia dura aproximadamente 1h00.
09:00. Chegamos ao porto do vilarejo de Boa Vista do Acará, iniciamos em seguida uma caminhada por estradas de terra sob vegetação primária e secundária. No caminho, paramos para observar uma das enormes e centenárias Sumaúmas, as maiores árvores da Amazônia. A caminhada é de 2,5 km e dura entre 40 minutos e 1 hora até a sede da Associação dos Produtores Orgânicos de Boa Vista do Acará, esse tempo depende também do interesse do visitante pela floresta.
Ao chegar na comunidade seremos recepcionados com um lanche regional a base de frutas e sucos da época, tapioquinhas e bolos feitos de mandioca. Em seguida, visitaremos algumas famílias da comunidade passando pela casa de farinha, onde os moradores produzem a farinha de mandioca e seus derivados; e o cultivo da priprioca, um tipo de capim com raiz perfumada, atualmente utilizada pela indústria na fabricação de cosméticos. Além disso, dependendo da época, conheceremos a coleta de frutos das árvores amazônicas como a castanha do Pará, o tucumã, o açaí, o buriti e a graviola. O passeio pela comunidade é finalizado com um perfumado banho de ervas no igarapé. Retornamos à Belém em seguida.
14h00 Chegada a Belém (previsão), seguida de traslado para o hotel.
16hs aeroporto – voo para Santarém
(Refeições inclusas: Café da manhã e lanche regional)

4º dia – (16/11) - Santarém – City tour em Santarém – Alter do Chão – Luau da Piracaia
Café da manhã no hotel, e em horário predeterminado saída para início do city tour. O city tour visita os seguintes pontos: centro comercial e histórico de Santarém, mirante para ver o encontro das águas, mercado municipal e passeio de lancha pelo encontro das águas. A duração da visita é de aproximadamente 4 horas. Após o city tour, traslado para a vila de Alter do Chão. Acomodação na pousada.
Durante a noite, saída à praia para a realização do ritual da Piracaia (Pira = Peixe + Caia = Assar), onde os descendentes dos índios Boraris, pescavam e assavam os peixes, enquanto dançavam. Esse ritual ainda se vê com frequência na região oeste do Pará. Hoje os descendentes incluíram frutas regionais e caipirinhas com as danças de carimbó, e ainda é oferecido o amuleto da sorte que as índias usavam, o Muiraquitã.
O luau da piracaia inclui peixe assado com frutas regionais, arranjos na praia com tochas, dança do carimbó e o amuleto da sorte. (Refeições inclusas: Café da manhã e jantar a base de peixes e frutas)

5º dia – (17/11) - Alter do Chão: City tour em Belterra e Passeio de barco pelo rio Tapajós
Café da manhã no hotel e ás 09h00 saída para Belterra, após 01 hora de viagem de carro chegaremos a cidade Americana na Amazônia, conheceremos a Igreja Batista, as caixas d’águas construídas pelos ingleses, a praça dos Seringueiros o museu da borracha e suas histórias, além das vilas mensalista e vila operárias. Após a visita retorno para Alter do Chão. O City tour em Belterra tem duração aproximada de 4 horas.
Às 15h00, saída para visita ao pequeno centro de Alter do Chão e sua praia de águas transparentes. Faremos passeio de barco pelo rio Tapajós, contemplando a beleza deste rio, que é o único entre os afluentes do Amazonas com águas cristalinas. O pôr do sol será contemplado na Ponta do Cururu, depois uma parada para um banho nas águas do Tapajós. Retorno ao hotel por volta das 19h00. (Refeições inclusas: Café da manhã)

6º Dia – (18/11) - Alter do Chão: Lago Verde, Ponta de Pedras e Ponta do Jarí
Café da manhã no hotel, e em horário predeterminado saída para início da travessia do Lago Verde em canoa canadense ou lancha com destino a uma baía com vegetação submersa. As árvores são pequenas com troncos grossos, a paisagem é belíssima, com possibilidade de visualização de peixes e observação de aves. O desembarque será numa pequena praia prosseguindo por uma trilha com destino a comunidade de Ponta de Pedras, a vegetação é composta de savana, um tipo de cerrado e floresta. Um destaque na trilha é a seringueira (Hevea Brasiliensis) de grande importância econômica para a Amazônia no século passado. Parada para um breve descanso, seguindo de lancha até a ponta do Jarí, um canal natural de ligação entre o rio Tapajós (águas claras) e o Amazonas (águas barrentas). A Ponta do Jarí é uma área inundada e dormitório de papagaios e garças, a revoada pode ser observada ao entardecer ou amanhecer, dependendo do período do ano é possível à observação dos jacarés.
(Refeições inclusas: Café da manhã e almoço na comunidade Ponta de Pedras)

7º Dia – (19/11) - Alter do Chão: Comunidade Jamaragua
Café da manhã no hotel, e em horário predeterminado, saída para visita à comunidade de Jamaraquá, localizada dentro da Floresta Nacional de Tapajós, o acesso pode ser feito de 4x4 ou barco, conhecendo as praias de Pindobal ou Aramanai. A comunidade faz parte do projeto de apoio ao manejo florestal sustentável da Amazônia, o passeio propicia ao visitante conhecimento sobre a utilização dos recursos naturais pelas populações ribeirinhas. A comunidade vive da produção de farinha de mandioca, feijão e arroz para subsistência. O couro ecológico (artesanal) é a nova fonte de renda, durante a visita é possível conhecer todo processo de transformação do látex em produtos ecologicamente corretos. Visita às Praias de Cajutuba para banhos, e no final da tarde retorno para Alter do Chão, com chegada prevista para as 20h00 ao hotel.
(Refeições inclusas: Café da manhã e almoço na comunidade Jamaragua)

8º Dia – (20/11) - Alter do Chão – SANTARÉM / ORIGEM OU BELÉM (para quem optar pela extensão)
Café da manhã no hotel e check out, em horário predeterminado e previamente informado pelo receptivo, traslado para o aeroporto de Santarém para embarque com destino à cidade de origem.

Opcional: Extensão Ilha do Marajó
OBS I: Extensão para a Ilha do Marajó, no regular às segundas ou quartas.

9º Dia – (21/11) - Belém – Marajó – Campos de Marajó
Em horário predeterminado, traslado para o Terminal Hidroviário de Belém, de onde partiremos em direção a Ilha de Marajó. Pelo traslado fluvial no catamarã de linha, sua viagem durará cerca de 2h00 navegando pelo estuário do rio Amazonas, atravessando a região insular de Belém, depois a Baía de Marajó, até a chegada em Soure onde ficaremos hospedados.
Importante: o horário de chegada previsto é às 11h00, porém nosso check-in ocorre apenas às 13h00, por isso seu anfitrião estará pronto para antecipar algum passeio que estaria programado para o dia seguinte. De tarde, partimos com destino ao interior da Ilha, para visita aos campos de Marajó. Nosso objetivo é observar espécies da fauna marajoara como maguaris, garças brancas e azuis, guarás vermelhos, mergulhões, patos selvagens e muitos outros. Com um pouco de sorte poderemos avistar macacos guariba (ou bugio) e capivaras, muito comuns nessa região. Retornamos ao hotel após o pôr-do-sol.
(Refeições: Café da manhã)

10° Dia – (22/11) - Descobrindo a Cerâmica Marajoara e os artigos de couro de búfalo
Após o café da manhã, partimos para conhecer o entorno da cidade e descobrir a Cerâmica Marajoara e os artigos de couro de búfalo. Visitamos o Ateliê de Cerâmica Marajoara do Artesão Carlos Amaral, que reproduz peças baseadas na cultura Aruan, última etnia indígena a habitar Marajó; Visitamos também o Ateliê do Artesão Ronaldo Guedes, artista contemporâneo, que reproduz peças cerâmicas baseadas nas diversas etnias indígenas que habitaram Marajó, além de peças em madeira coletada nas praias e manguezais; Visitamos o Ateliê de Couro (e curtume), local de produção artesanal de artigos em couro, tradição transmitida por gerações, que ainda mantém características originais de produção;
Passeio de barco a motor no furo Miguelão – Aproveite o tempo livre para relaxar na piscina do Hotel, enquanto esperamos a maré alta para sairmos em direção ao trapiche de nossa base, localizada na margem do rio Paracauary, de onde partimos em barco regional motorizado com destino ao Furo Miguelão, caminho pelo rio sob a floresta de mangue e floresta de igapó, construído com força humana, na primeira metade do século 20, para encurtar a navegação entre as fazendas da região. Parada para banho de rio. Retorno ao hotel em seguida.
Descobrindo a dança do carimbó – quando disponível, assistiremos ao ensaio de grupo de tradições marajoaras, apresentando o tradicional ritmo do carimbó, dança de origem indígena, que recebeu influências das culturas negra e portuguesa, presente na cultura marajoara desde o período colonial.

11º Dia – (23/11) - Vila de Pescadores e Praia Pesqueiro – Belém
Após o café da manhã, saímos para visita à vila de pescadores na praia Pesqueiro. Após a visita, reservamos o restante do dia para você curtir a manhã de sol na praia. Em horário pré determinado, traslado do Hotel para o porto para embarque de retorno com destino à Belém. Chegada à Belém seguida de traslado para os hotéis. Acomodação e pernoite em Belém. (Refeições: Café da manhã)

12º Dia – (24/11) - Belém / Origem
Café da manhã no hotel, e em horário pré-determinado, traslado para o aeroporto de Belém, para embarque de retorno à cidade de origem.

 
 
  Rua Pinheiro Machado, 148 cj. 102 - Porto Alegre - RS - Fone: (51) 3227.4174 - E-mail: mariarita@mariarita.com.br